April 23, 2014

Arandu Arakuaa

April 23, 2014
A Lenda do Guaraná¹Um casal de índios pertencente a tribo Maués, vivia junto por muitos anos sem ter filhos mas desejava muito ser pais. Um dia eles pediram a Tupã para dar a eles uma criança para completar aquela felicidade. Tupã, o rei dos deuses, sabendo que o casal era cheio de bondade, lhes atendeu o desejo trazendo a eles um lindo menino.O tempo passou rapidamente e o menino cresceu bonito, generoso e bom. No entanto, Jurupari, o deus da escuridão, sentia uma extrema inveja do menino e da paz e felicidade que ele transmitia, e decidiu ceifar aquela vida em flor.Um dia, o menino foi coletar frutos na floresta e Jurupari se aproveitou da ocasião para lançar sua vingança. Ele se transformou em uma serpente venenosa e mordeu o menino, matando-o instantaneamente.A triste notícia se espalhou rapidamente. Neste momento, trovões ecoaram e fortes relâmpagos caíram pela aldeia. A mãe, que chorava em desespero, entendeu que os trovões eram uma mensagem de Tupã, dizendo que ela deveria plantar os olhos da criança e que deles uma nova planta cresceria dando saborosos frutos.Os índios obedeceram aos pedidos da mãe e plantaram os olhos do menino. Neste lugar cresceu o guaraná, cujas sementes são negras, cada uma com um arilo em seu redor, imitando os olhos humanos.——-¹- Essa lenda é, mui possivelmente, influenciada por visões cristãs do homem branco, não sendo oriundas do pensamento do antigo índio. Îurupari, para os índios legítimos, não era considerado um demônio, mas, como Câmara Cascudo define “(…) o antenado lendário, o legislador divinizado, que se encontra como base em todas as religiões e mitos primitivos”. Fontes:CLEMENT, Rosa. A Lenda do Guaraná. Disponível em: <http://www.sumauma.net/amazonian/lendas/lendas-guarana.html>

A Lenda do Guaraná¹

Um casal de índios pertencente a tribo Maués, vivia junto por muitos anos sem ter filhos mas desejava muito ser pais. Um dia eles pediram a Tupã para dar a eles uma criança para completar aquela felicidade. Tupã, o rei dos deuses, sabendo que o casal era cheio de bondade, lhes atendeu o desejo trazendo a eles um lindo menino.

O tempo passou rapidamente e o menino cresceu bonito, generoso e bom. No entanto, Jurupari, o deus da escuridão, sentia uma extrema inveja do menino e da paz e felicidade que ele transmitia, e decidiu ceifar aquela vida em flor.

Um dia, o menino foi coletar frutos na floresta e Jurupari se aproveitou da ocasião para lançar sua vingança. Ele se transformou em uma serpente venenosa e mordeu o menino, matando-o instantaneamente.

A triste notícia se espalhou rapidamente. Neste momento, trovões ecoaram e fortes relâmpagos caíram pela aldeia. A mãe, que chorava em desespero, entendeu que os trovões eram uma mensagem de Tupã, dizendo que ela deveria plantar os olhos da criança e que deles uma nova planta cresceria dando saborosos frutos.

Os índios obedeceram aos pedidos da mãe e plantaram os olhos do menino. Neste lugar cresceu o guaraná, cujas sementes são negras, cada uma com um arilo em seu redor, imitando os olhos humanos.

——-

¹- Essa lenda é, mui possivelmente, influenciada por visões cristãs do homem branco, não sendo oriundas do pensamento do antigo índio. Îurupari, para os índios legítimos, não era considerado um demônio, mas, como Câmara Cascudo define “(…) o antenado lendário, o legislador divinizado, que se encontra como base em todas as religiões e mitos primitivos”. 

Fontes:
CLEMENT, Rosa. A Lenda do Guaraná. Disponível em: <http://www.sumauma.net/amazonian/lendas/lendas-guarana.html>

April 23, 2014

Carinho - Pixinguinha

April 23, 2014

yannvadaru:

Bahia - Brasil

(via lostsambaonline)

April 23, 2014

(Source: ondas-tropicais, via lostsambaonline)

April 22, 2014

Novos Baianos - De um rolê

April 20, 2014

(Source: cosmograndma, via lostsambaonline)

April 17, 2014

Flores Astrais - Secos & Molhados

April 17, 2014

Chico Xavier é uma adaptação para o cinema que descreve a vida do médium brasileiro Chico Xavier,que viveu 92 anos (1910-2002),sua atividade mediúnica e filantrópica.O filme descreve uma vida conturbada com lutas e amor.Chico Xavier psicografou mais de 400 livros.

April 17, 2014
Cachaçaria

Cachaçaria